Pesquisa: tecnologia blockchain é vista como viável por 41% dos líderes tecnológicos do mundo

 em Liderança, Líderes de TI, Negócios

Líderes tecnológicos têm optado por blockchain, de acordo com pesquisa

Criptomoedas, blockchain, e a indústria fintech têm atingido as manchetes consistentemente, tendo em vista o número de desenvolvimentos e parcerias sendo anunciados por várias figuras do mainstream. Desde o início de 2019, a cripto esfera viu mudanças drásticas com instituições estabelecidas, como JPMorgan e Banco Santander, molhando os pés nas águas das criptomoedas.

A crescente popularidade da tecnologia blockchain no mainstream foi evidenciada pelo mais recente relato da KPMG, tendo o documento revelado que 41% dos líderes tecnológicos são favoráveis à adoção de blockchain nos negócios durante os próximos três anos. A KPMG se especializa em serviços fiscais e de auditoria, e a instituição coletou respostas de mais de 740 líderes globais na indústria da tecnologia, de mais de 12 países para o propósito deste questionário.

Diversos proponentes da esfera se posicionaram e forneceram apoio à esfera, sendo Damien Ducourty um deles. Ducourty, co-fundador da B9lab, uma organização que fornece educação e treinamento sobre blockchain, declarou:

“Incumbentes podem escolher serem parte de uma potencial transformação, moldando a mudança ou tentando agilizar práticas já existentes. Parece que diversas companhias estão mantendo suas opções abertas em ambos os casos.”

Olhando de perto, contudo, a pesquisa é uma mistura de respostas. Os números mostram que 41% marcaram blockchain como uma opção muito provável, enquanto 28% marcou pouco provável ou nada provável. A pesquisa também mediu o impacto geral da referida tecnologia, com 48% dos participantes declarando que a blockchain pode mudar a forma como os negócios serão conduzidos durante os próximos três anos.

O impacto e aceitação da tecnologia blockchain entre as indústrias também foram refletidos pela IIM Calcutta, da Índia, preparando-se para oferecer um programa financeiro de blockchain em maio de 2019. O professor Indranil Bose, diretor do programa, afirmou:

“A grande maioria das empresas nos setores bancário e financeiro acreditam que a falta de talento adequado na área de fintech é uma ameaça existencial para o futuro. Nosso programa fintech, desenvolvido com os profissionais de gestão e finanças atuais em mente, tirará proveito de pesquisas profundas e experiência de consultoria da IIM Calcutta, além do nosso laboratório de finanças. Nós planejamos equipar e preparar 2000 profissionais da área fintech durante os próximos anos.”

IIM Calcutta se junta à Fudan University, de Xangai, e à Universidade da Califórnia, Berkeley, no grupo de instituições com programas educacionais relacionados a blockchain e criptomoedas.

Link: https://bit.ly/2XFWFJA

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Contate-nos

QUEREMOS CONHECER SEU PROJETO!
Solicite nosso contato.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt