Gestor que não cria rapport é organicamente antipatizado pelo time

 em Liderança, Relacionamento

Um dos pontos fundamentais para a liderança alcançar o engajamento do seu time, sobretudo, a de nível tático, é o desenvolvimento de rapport.

Se você ocupa cargo de liderança, tome consciência plena e madura que você é uma vitrine, e como tal, será muito mais observado, cobrado e espelhado.
Sempre digo que a maior parte da pressão organizacional está em um líder de nível gerencial. Se observarmos com cuidado ele está no meio de um vendaval, sendo cobrado pela alta direção da empresa e tendo que ouvir e administrar os anseios de seus liderados. Refletindo por essa perspectiva, além de competência técnica, este profissional precisa desenvolver fortes habilidades ligadas ao QE (denomina por Daniel Goleman, psicólogo Ph.D. de Harvard, como quociente emocional).

Um dos pontos fundamentais para a liderança alcançar o engajamento do seu time, sobretudo, a de nível tático, é o desenvolvimento de rapport. O conceito de Rapport é originário da psicologia, utilizado para designar a técnica de criar uma ligação de empatia com outra pessoa para que se comunique com menos resistência.

A máxima do manda quem pode e obedece quem tem juízo, apesar se muito utilizada ainda (e infelizmente) nas empresas, não cabe mais no mercado atual. Se você é líder e ainda utiliza essa máxima, saiba que seu nível de produtividade pode está sendo muito prejudicado pelo time. E A CULPA É SUA!

Mas, você deve está se perguntando: E ONDE ENTRA O RAPPORT?

De acordo com o Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal, 38% da nossa comunicação são componente vocal (no caso específico, o tom da voz) e 55% componente facial (expressão facial). Daí que somando a linguagem corporal é responsável por 93% de toda a comunicação.

Quantos lideres você conhece que não precisam falar absolutamente nada para deixar o ambiente tenso, desagradável e consequentemente improdutivo? A forma de olhar, falar e se portar comunica muita coisa e o time percebe. Como se é de esperar, naturalmente, como seres humanos, os liderados se fecham e isso impacta o que na “gestão com pessoas” chamamos de clima organizacional. Um líder que não cria rapport impacta diretamente no clima de um departamento ou empresa.

A maneira como você líder se porta e reporta ao time gera uma criação ou quebra de conexão emocional. Pense nisso, se o seu time está cabisbaixo, introspectivo e deixando de entregar o seu melhor, a responsabilidade pode ser sua. Ai, neste caso, é importante que você reveja a sua atitude sem ser reativo. A Fundação Nacional de Qualidade nos diz que uma empresa é um ecossistema vivo, portanto, uma célula, pode impactar em toda a estrutura.

Me diz ai, você está criando ou quebrando a conexão emocional com o seu time?

Link: https://bit.ly/2TqgvWb

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Contate-nos

QUEREMOS CONHECER SEU PROJETO!
Solicite nosso contato.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt